Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Delicadas alvenarias antigas

 

 

Atenção que a tinta acrílica sobre a alvenaria de pedra, não é a escolha certa - como exemplo, há apenas três anos que foi aplicada!

Os exemplos são inúmeros, ao percorrer os centros históricos, apercebemo-nos de que a cal se tornou minoritária nas habitações, nas igrejas, nos edifícios do Estado, vindo a ser substituída por soluções incompatíveis com a perspiração das alvenarias, muitas vezes, em deterimento da imagem de valor, de cultura e de luz.

 

A cal, a tinta de silicato ou o barramento, são o tratamento adequado.

 

publicado por domusmateR às 00:38

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Fotografias do dia da cal em Cacela Velha

Prof. Horta Correia

Professor Dr. Horta Correia

 No forte de Cacela

Poesias de diversos autores, gesto da Caiar-te!

publicado por domusmateR às 23:15

link do post | comentar | favorito

Cidadania ativa

Durante um dia, o centro histórico de Cacela Velha, no concelho de V.R. Sto António, acolheu Caiar-te!, domusmateR e Adrip. Reunimos os amigos , as sensibilidades e os pincéis para uma ação de reabilitação cuidada. Com o pretexto da poesia e da cal, encontrámos momentos de partilha sincera para defender a nossa estória e a cultura viva!!

Num dia fabulosamente azul, acrescentámos uma camada de cal, ao branco daquele lugar.

As paredes do antigo cemitério de Cacela Velha agradeceram a música e o bom trato. Esta intervenção pretendeu ensinar a caiação e relembrar as suas vantagens, contou com a participação de ilustres participantes que contribuiram para o seu sucesso.

A todos os participantes, um grande OBRIGADO! 

publicado por domusmateR às 22:42

link do post | comentar | favorito

Caiar Cacela

Preparando a cal caiando o patrimonio de Cacela Velha

 

Em prol do branco autêntico.

aula espontanea no exterior

 

Trocas de alto conhecimento cientifico! Uma aula aberta, no fresco da tarde.

 

Promotores do evento:

 

http://adripcacela.blogspot.com/

 

http://caiarte.wordpress.com

 

A domusmateR foi convidada a integrar a organização.

publicado por domusmateR às 22:36

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2011

Ornamentação bérbere?!

 

Platibanda e cimalha de habitação na freguesia de Alte.

publicado por domusmateR às 22:58

link do post | comentar | favorito

Tradição compositiva, pelos próprios

São características dos edíficios de tipo urbano, popular e burguês a partir de finais do séc. XIX, as platibandas, cunhais, falsas pilastras e socos, pintados a uma ou duas cores. Com ou sem ornamentos estas permitem distinguir cada habitação e os seus proprietários e conferem no conjunto urbano, a riqueza e diversidade dos imaginários algarvios. 

publicado por domusmateR às 22:43

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Junho de 2011

Fábula

Fazendo a analogia entre a tartaruga e a lebre. A cal aérea na construção deve ser pacientemente preparada, só assim podemos vencer!!

 

Quando falamos de cal em pasta, falamos de cal aérea hidratada. É muito importante fazer a diferença, pois os negociantes de materiais, não se interessam pela perenidade das estruturas, pelo que devemos ser exigentes e verificar se o fabricante possui a declaração de conformidade à norma.

 

Cal aérea pode ser calcária ou dolomítica, compra-se em pedra, geralmente. Classifica-se em CL90, CL80 e CL70 para as calcárias e DL85 e DL 80 para as dolomíticas, consoante a sua composição.

Podemos ainda encontrar as cais hidraúlicas (HL), as cais hidraúlicas naturais(NHL), que tem a particularidade de secar em ambiente húmido. Nada tem a ver com as aéreas e vemos os maiores abusos de misturas, por isso a investigação é necessária! E ainda a evitar por completo, em situações de reabilitação: o cimento e a cal hidraúlica.

 

publicado por domusmateR às 18:49

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Journée "matériaux terre ...

. O Tabique - 3 de Novembr...

. O Adobe

. Associação Centro da Terr...

. Oficina de Tabique e Arga...

. Pràticas vizinhas

. Descoberta de técnicas tr...

. Praticas da Arquitetura. ...

. Construção Natural em Tai...

. BOAS FESTAS

.arquivos

. Novembro 2017

. Maio 2017

. Março 2017

. Novembro 2016

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds