Terça-feira, 7 de Junho de 2016

Pràticas vizinhas

Desde la Asociación TAPH TAPH Bioconstrucción, Arquitectura y Paisaje
Holístico presentamos un nuevo curso de construcción con tierra dada la gran acogida que ha
tenido.

Arraigados en Sevilla, Andalucía, en el sur de España, nuestra Asociación sin ánimo de lucro
promueve acciones de diversa índole orientadas a la construcción con tierra, la preservación y
potenciación de la arquitect! ura vernácula y la creación de hábitats saludables entre otras
intenciones. Actualmente estamos desarrollando estudios de construcciones en adobe así como
de tapia y otras formas posibles de edificación en nuestra región.

 

http://taphtaph.org/curso002.php

publicado por domusmateR às 13:17

link do post | comentar | favorito

Descoberta de técnicas tradicionais

A Barroca é um projeto de promoção turistica e cultural do interior algarvio.

Algumas das actividades agendadas para as manhãs de verão tem que ver com a construção tradicional.

No âmbito da rede Loulé Criativo: - 11 de Junho - http://www.loulecriativo.pt/experiencias/229-pintura-a-fresco - 12 de Junho - http://www.loulecriativo.pt/experiencias/227-pelas-cores-da-terra-percurso-em-busca-de-pigmentos-naturais - 26 de Junho - http://www.loulecriativo.pt/experiencias/224-manhas-de-cal

 

Résultat de recherche d'images pour "pigmentos"

publicado por domusmateR às 13:00

link do post | comentar | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2016

Praticas da Arquitetura. Construções em terra.

O Departamento de Arquitetura e Urbanismo do ISCTE - Instituto
Universitário de Lisboa, em parceria com a TEKTÓNICA - Feira
Internacional de Construção e Obras Públicas, promove a terceira edição
do curso Práticas da Arquitetura, com a coorganização da Associação
Centro da Terra (CdT).
O objetivo do curso é desenvolver competências em Práticas da
Arquitetura, nomeadamente em técnicas de Construção e de Conservação,
complementando o ensino corrente essencialmente teórico.
Os alunos terão a oportunidade de trabalhar o material e participar em
construções em terra, sob a orientação de especialistas na matéria.
O ensino visa promover a interdisciplinaridade entre Técnicas de
Construção e Metodologia de Projecto, e entre Construção e Conservação
(Arquitetura tradicional e contemporânea).
O curso integra as Unidades Curriculares de Sistemas de Construção
e Conservação e Reabilitação de Edifícios do Mestrado Integrado em
Arquitetura do ISCTE-IUL.

Coordenador do Curso
Soraya Genin


Curso
250€ Público em geral
200€ Estudantes
(vagas: 11 participantes)
50€ Estudantes do
MIA / ISCTE-IUL
(vagas: 25 participantes)

Inscriçoes
Até 27 de abril

Formulario

http://iscte-iul.pt/cursos/curta_duracao/17106/practicesinarchitecture.aspx

 

 

publicado por domusmateR às 09:50

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 10 de Março de 2016

Construção Natural em Taipa

De 4 a 8 de Abril

Construção Natural em Taipa – Aplicação Prática em Construção a Decorrer na Quinta do Vale do Lama.

Morada:
EN534 Vale da Lama, Odiáxere

8600-258 Lagos, Portugal

Tel: 282 764 071

 

CONTÉUDO:
- Escolha da Terra; Sua Preparação; Sua Utilização – Como Aplicar;
- Fundações; Remate Superior; Telhado; Rebocos e Pavimentos, Isolamentos e Redes de Infraestruturas; Vãos, Noções de Estabilidade;

FORMADOR
Arquitecto Henrique Schreck

Nº limitado de vagas
10 pessoas

 

INSCRICOES E PROGRAMA

publicado por domusmateR às 13:14

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Dezembro de 2015

BOAS FESTAS

A DomusmateR deseja a tod@s os seus amigos e colaboradores.

!BOAS FESTAS LUMINOSAS e SABOROSAS!

 

Para acompanhar um pequeno filme de10 minutos, sobre o forno de cal no barrocal algarvio.

Loule DOC

Neste pequeno filme podemos ouvir " a cal é mais branca que a tinta e contrariamente ao cimento, faz rebocos que nao estalam".

publicado por domusmateR às 20:45

link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Novembro de 2015

Percursos e Aprendizagens

Caminhos da Cal e do Barro

 

A Domus Mater encontrou a Barroca e a sua ideia de turismo sustentável que procura dar a conhecer um outro olhar sobre o Barrocal, este lindo « terroir » entre a serra do Caldeirao e a Costa Algarvia.

A sua co-criadora, Susana C. Martins escreveu a sua tese, consultável na biblioteca do Pólo de Gambelas da Universidade do Algarve, sobre  «A Cal na Tradiçao do Barrocal Algarvio. Contributo para a história da produção de cal artesanal ».

face.jpg

 

 

A Barroca - produtos culturais e turísticos, incentiva a preservação do conhecimento de materiais /matérias-primas e técnicas decorativas e outros temas e relança aspetos da cultura algarvia na atualidade.

Para já, podemos conhecer o primeiro produto desenvolvido por este projecto, a rota Caminhos da Cal e do Barro, sob a forma de ateliers e sobretudo de visitas interpretativas, através de percursos pedestres orientados (meio dia ou um dia)  a lugares, pessoas e histórias do passado recente. Os temas abordados são tão diversos quanto a descoberta de alguns materiais de construção tradicionais, a caiação, a pintura com tintas naturais, a técnica dos esgrafitos, a modelagem de barro; ou ainda temas complementares como a astronomia, a botânica e a fotografia.

 

Pedidos de informação e inscrições podem ser solicitados através do endereço caminhosdacaledobarro@gmail.com ou do telefone 964 782 462.

A Barroca costuma marcar presença no Mercado de Querença, que acontece no último domingo de cada mês.

Esta iniciativa encontra-se em desenvolvimento e, enquanto aguardamos pela finalização do website, podemos seguir as suas actividades em: https://www.facebook.com/barroca.tourism/.

 

 

Enquanto aguardamos condições para melhor defender o que é a vontade coletiva na preservação das paisagens naturais e construtivas, devemos relembrar a tradição caleira nos nossos territórios. Fica o apontamento seguinte, os saberes fazer que utilizavam a cal são diversificados, encontramo-lo-os em cada região, exemplos de uma autonomia total que vai da extração à cozedura e à aplicação e desenvolvendo profissões que se ensinavam oralmente e gestualmente. Foram ou serão os « construtores » da sustentablidade tanto procurada nos nossos dias?

 

publicado por domusmateR às 09:46

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2015

25 de setembro - Construção Sustentável: quais as vantagens de utilizar a terra como material de construção?

Workshop reúne especialistas em engenharia civil na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do IPS

 

No próximo dia 25 de setembro, pelas 16h30, realiza-se na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro do Instituto Politécnico de Setúbal (ESTBarreiro/IPS), o Workshop “Caracterização e melhoria do comportamento de estruturas de terra”.

 

Este workshop, que conta com a presença de especialistas da Universidade de Aveiro, do Instituto Superior Técnico e da Universidade do Minho, procura analisar o comportamento de construções em terra com materiais como o adobe e taipa, a par do desenvolvimento de soluções de reforço e melhoria do seu desempenho.

 

Dirigida a arquitetos, construtores e outros profissionais e interessados na temática, esta iniciativa foca também as vantagens de utilização da terra na construção, ao consistir num material de baixo custo, reciclável, disponível localmente e que apresenta excelentes propriedades térmicas e acústicas, estando, ainda, associado a métodos construtivos que requerem pequenos consumos de energia.

 

O evento assinala, igualmente, o encerramento de um projeto de investigação realizado no âmbito do projeto “PTDC/ECM/2396/2012”, em que participaram instituições de Ensino Superior como a Universidade de Aveiro, o Instituto Superior Técnico e a Universidade do Minho.

 

participação é gratuita, sendo necessário realizar a inscrição até 22 de setembro para o email Workshop.Terra@estbarreiro.ips.pt

publicado por domusmateR às 18:28

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 12 de Agosto de 2015

Curso Artes da Cal

No Curso Artes da Cal - Pintura a fresco e técnicas decorativas tradicionais em revestimentos exteriores, que decorrerá de 22 a 26 de Setembro no Instituto Politécnico de Bragança (IPB) na Escola Superior de Tecnologia e Gestão (Estig) em Bragança, o Prof. Joaquim Caetano falará aos participantes sobre as particularidades deste material e ensinar-lhes-á as técnicas do esgrafito e da pintura a fresco.

Ao transmitir este saber construtivo, para o restauro de edifícios ou o embelezamento de novas construções.

 

Informaçoes e inscriçoes: http://www.artesdacal.ipb.pt

 

Informações adicionais:
- As inscrições estão limitadas a 12 pessoas;
- A data-limite de inscrição é até ao dia 6 de Setembro de 2015;
- O curso só se realizará se todas as vagas forem preenchidas. Em caso de cancelamento, os participantes inscritos serão devidamente informados até ao dia 8 de Setembro de 2015;
- O pagamento deverá ser efetuado até ao dia 10 de Setembro de 2015;

publicado por domusmateR às 11:20

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Julho de 2015

Aprender a fazer Rebocos Tradicionais

TALLER 1: RESTAURACIÓN DE MUROS DE ADOBE Y TAPIA (19,20,21 de septiembre de 2014) 

TALLER 2: REVOCOS DE TIERRA (días 23, 24, 25 de septiembre de 2014)  

TALLER 3: REVOCOS DE CAL (días 29,30 de sep. de 2014 y 1 de octubre de 2014 

Taller de restauración del patrimonio construido en Tierra, con carácter previo y posterior al congreso internacional de arquitectura en Tierra que se celebra anualmente en Cuenca de Campos.

El objetivo principal de los Talleres será el aprendizaje de las técnicas de restauración de los edificios construidos en tierra, mediante la experiencia práctica, actuando en los cerramientos de tapia y adobe del edificio que formó parte de la antigua Iglesia de San Pedro de Cuenca de Campos.

http://www.cuencadecampos.ayuntamientosdevalladolid.es/?q=node/209

 

Integrado no CIATTI 2015 organizado pelo grupo Tierra da Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Valladolid. Programa do Congresso e Inscriçoes : https://formacion.funge.uva.es/cursos/xii-ciatti-2015-congreso-arquitectura-tierra/

 

publicado por domusmateR às 22:44

link do post | comentar | favorito

Exposiçao fotografia intitulada "Bâti rural et paysage

Pelo menos hà paises onde os esforços de reconhecimento do patrimonio rural nao tem barreiras, no alto sitio que é o Senado frances uma exposiçao para ver de 09/09 a 20/09/2015.
Ir até Paris no final do verao, fica o convite!
 

index.jpg

informaçoes

rendez-vous-a-lorangerie-du-senat-pour-lexpo-photos-bati-rural-et-paysage

 l'Orangerie du Sénat - Jardins du Luxembourg
Acesso Porte Férou (19 bis rue de Vaugirard)
Métro : Odéon, Mabillon, Saint-Sulpice, Rennes
RER : Luxembourg-Sénat
Bus : 89, 84 et 58

 

Maisons Paysannes de France

 

publicado por domusmateR às 22:38

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Abril de 2015

Formações EMBARRO - Algarve

estuques de cal.jpg

Estuques terra-1.jpg

 

http://www.embarro.com/

 

 

publicado por domusmateR às 15:00

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015

reVer

Seminário com o tema "Contributos da arquitectura vernácula portuguesa para a sustentabilidade do ambiente construído”.

Local: Fundação Manuel António da Mota no Mercado do Bom Sucesso, Porto

Data: dia 28 de março de 2015

Organizaçao: Universidade do Minho, no Centro Território, Ambiente e Construção - Departamento de Engenharia Civil, Escola de Arquitetura da Universidade do Minho e Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra.

Ver programa detalhado em http://www.rever.pt/seminario/

 

"O reVer – Modelação do desempenho de ciclo de vida de edifícios vernáculos portugueses: contributos para a sustentabilidade do edificado, é um projeto exploratório de investigação científica, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (EXPL/ECM-COM/1801/2013), que se encontra em desenvolvimento na Universidade do Minho, no Centro Território, Ambiente e Construção (C-TAC).

No desenvolvimento deste projecto procurar-se-á definir se as técnicas e materiais vernáculos e as estratégias passivas comunemente utilizadas nestas construções possuem potencial de adaptação ao contexto atual da construção, sempre encarada numa perspetiva regional, com vista a melhorar o seu desempenho ao nível das três dimensões da sustentabilidade."

 

 

 

publicado por domusmateR às 00:25

link do post | comentar | favorito

Para graúdos curiosos!

1622417_10205046116825414_6038192517428680160_o.jp

 

Informaçoes  961 221 833 

publicado por domusmateR às 00:23

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Dezembro de 2014

Rota da cal

Ainda em estado de projeto, esta rota ficara nos paises vizinhos Espanha e Marrocos ,aguardamos um desvio pelo sul de Portugal como uma evidencia.

Para que as tecnicas perdurem e melhorem è preciso reconhecer o que ainda esta vivo num patrimonio vernacular  semelhante ao nosso nas materias empregues.

 

http://www.iaph.es/web/canales/conoce-el-patrimonio/rutas-culturales/contenido/Rutas_propias/ruta_transfronteriza_andalucia_marruecos_cal.html

publicado por domusmateR às 10:19

link do post | comentar | favorito

Pequena reportagem

Com o arquiteto Henrique Schreck.

Casas de terra

O renascer da taipa como solucao sustentavel e viavel economicamente.

publicado por domusmateR às 10:12

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Novembro de 2014

Construção com Terra

Boas!

Aqui vai o anuncio de uma excelente oportunidade de aprender algumas tecnicas. Organizado pela associação Centro da Terra e pela associação de desenvolvimento local Terras Dentro.

No dia 12 e 13 de novembro de 2014, vão decorrer em Viana do Alentejo duas iniciativas subordinadas ao tema “Construção com Terra”: Uma ação de sensibilização sobre construção com Terra e oficinas de técnicas de construção com Terra.

 

Conferencia.jpg

 

oficina.jpg

 

Para proceder à inscrição pode enviar a ficha de inscrição preenchida ou enviar por email a sua identificação e contacto.

Para qualquer informação e inscrição, seguem os contactos do nosso secretariado:

Rua Rossio de Pinheiro

Tel: 266 948 070

Fax: 266 948 071

E-mail: terrasdentro@terrasdentro.pt

            geral@aquemtejo.pt
 

publicado por domusmateR às 09:17

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Preço de Lançamento

Duas novas edições pela Editora ARGUMENTUM:

 

- “LA RESTAURACIÓN DE LA TAPIA EN LA PENÍNSULA IBÉRICA

Critérios, técnicas, resultados e pers­pectivas”,

Coordenação de Camila Mileto e Fernando Vegas

Prefácio de John Warren e introdução de Hubert Guillaud.

Co-edição: ARGUMENTUM e TC Ediciones

Versão em Espanhol

344 páginas  -  Formato: 23cm x 31cm

Preço de Venda ao Público: 30€

 

PREÇO DE LANÇAMENTO: 25€ (Até 31 de Outubro)

 

Esta edição constitui o principal resultado de um projecto de investigação de uma equipa de in­vestigadores de diversas universidades espanholas e estrangeiras.

Um livro extraordinário que reúne 30 casos de estudo de obras realizadas em Espanha e Portugal, de 1980 a 2010. Trabalho desenvolvido por 17 investigadores de 11 Universidades e que envolveu 34 colaboradores de vários países.

 

 

- TERRA PALHA CAL

Ensaios de Antropologia sobre Materiais de Construção Vernacular em Portugal

Autor: Pedro Prista

Edição bilingue Português - Inglês

128 páginas  -  Formato: 19 x 32 cm

92 ilustrações (80 são imagens de arquivo)

Integra a colecção ARQUITECTURA TRADICIONAL (Direcção Editorial: Filipe Jorge)

Preço de Venda ao Público: 20€

 

PREÇO DE LANÇAMENTO: 15€ (Até 31 de Outubro)

 

Terra, palha e caL são os fios condutores por onde os cinco ensaios contidos neste volume abordam a construção em taipa, as coberturas vegetais e a prática da caiação no vernacular português, a partir das etnografias realizadas durante as décadas centrais do século XX por agrónomos, geógrafos, arquitectos e etnólogos.

Situados na intersecção entre Arquitectura e Antropologia, estes ensaios propõem um exercício de transdisciplinaridade num campo científico hoje muito activo no plano internacional e que encontra em Portugal não só importantes antecedentes de reflexão como um contexto de grande actualidade.

 

 

VALE A PENA APROVEITAR OS PREÇOS ESPECIAIS DE LANÇAMENTO DESTAS 2 NOVAS EDIÇÕES.

CONTACTE-NOS!

 

Atentamente

______________________________________________

Filipe Jorge, Arq.

Director Editorial

 

ARGUMENTUM, Edições, Estudos e Realizações , Lda

Rua Antero de Figueiredo, 4-C           1700-041 Lisboa PORTUGAL

Tel: (+351) 21 394 0547    Fax: (+351) 21 394 0548

geral@argumentum.pt       www.argumentum.pt

www.facebook.com/pages/ARGUMENTUM

publicado por domusmateR às 12:47

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Maio de 2014

Uma ediçao do CRATERRE

VerSus é um projeto europeu que faz a analise do patrimonio vernacular de França, da Italia, de Espanha e de Portugal. Ecrito em quatro linguas é um livro cheio de bonitas fotografias do nosso patrimonio comum no emprego de materiais naturais.

 

Para descarregar: http://craterre.org/diffusion:ouvrages-telechargeables/view/id/0c7855dbb69382a216daf3375367d583

publicado por domusmateR às 10:42

link do post | comentar | favorito

Encontro de Arquitectura Tradicional e Sustentabilidade

A segunda ediçao organizada pela Palombar em Uva no Vimioso, de 11 a 13 de Julho 2014.

 

http://www.palombar.pt/eventos/ii-encontro-de-arquitectura-tradicional-e-sustentabilidade-1128031569/

 

 

publicado por domusmateR às 10:38

link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Abril de 2014

Aprender a realizar o sgrafitto

Aprender numa escola privada que procura concilia modernidade e praticas a preservar. 

http://www.artematieres.com/formations-courtes.html

Fica em Albi, França.

 

O esgrafito, em portugues, consiste numa pratica de decoraçao mural, mas nao so. Pode conhecer-se a problematica em torno desta técnica no trabalho de Sofia Salema e José Aguiar http://dspace.uevora.pt/rdpc/bitstream/10174/4013/1/cor%20e%20esgrafito.pdf

 

 

publicado por domusmateR às 22:33

link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Janeiro de 2014

BOM ANO NOVO

A todas e a todos

os construtores

sonhadores ou concretos

 

os meus desejos de

OBRAS FELIZES ISENTAS DE TOXICOS E INTEGRADAS NO SEU MEIO

Arq. Joana Guerreiro.

 

Para convidar à obra neste inicio de ano, uma reportagem recente sobre a construção milenar da taipa com o Mestre Arq. Henrique Shreck e o Mestre pedreiro João Bernardino e um cliente satisfeito o Sr. Villasboas.

 

http://www.tvi24.iol.pt/videos/video/14048736/4

publicado por domusmateR às 12:32

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Novembro de 2013

Tons d'Outono

Conferência “EARTH WORKS” - 14 de Novembro, às 18:00, no Centro Ismaili, em Lisboa

 

 

 

10 anos de atividade do CdT

 

Uma boa ocasião para encontrar o mundo da arquitetura de terra em portugal.

O Centro da Terra comemora 10 aninhos de vida!

É em Santiago do Cacém, sábado dia 23 de Novembro.

 

Todas as informações num blogue feito à medida:

http://centrodaterra2013.blogspot.pt/p/conferencia.html

publicado por domusmateR às 14:51

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 12 de Setembro de 2013

Rappel Conferência Internacional

http://www.esg.pt/ciav2013/index.php/pt/programa

 

OUTUBRO 2013 - VILA NOVA DE CERVEIRA

CONFERENCIAS DE 16 a 19

 

19 Out 2013
Reunião anual ICOMOS-CIAV;

Reunião anual ICOMOS-ISCEAH;

Workshop de Arquitectura de Terra - CentrodaTerra

 

publicado por domusmateR às 14:13

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Julho de 2013

14 e 15 de Julho 2013

 

http://www.palombar.pt/eventos/i-encontro-de-arquitectura-tradicional-e-sustentabilidade-1641129809/

publicado por domusmateR às 14:12

link do post | comentar | favorito

Preparar a cal

Extinguir cal viva
publicado por domusmateR às 13:34

link do post | comentar | favorito
Sábado, 11 de Maio de 2013

29-30 de Maio > CONGRESSO LIMECONTECH

"Os revestimentos antigos são considerados históricos na medida em que refletem – técnica e materialmente – a arte e o engenho de gerações passadas.
Os rebocos, os barramentos, os fingidosde materiais nobres como o mármore e a madeira, a pintura mural, ou o azulejo, utilizando toda uma panóplia de materiais como a cal, o gesso, terras,fibras, pigmentos, etc., e de técnicas,são testemunhos dasensibilidade artística, do avanço técnicoe científico e das capacidades artesãs ao longo de gerações.
Os revestimentos são considerados a pele do edificado e são por isso elementos com grande impacto visual e elevada vulnerabilidade à degradação por ações externas.
Quando o envelhecimento natural ou novas ações externas (poluição, mudançasclimáticas, alterações do uso, intervenções erradas) conduzem à degradação dos revestimentos, é necessário conservá-los e repará-los ou substituí-los de forma adequada."
PROGRAMA:

http://www.lnec.pt/congressos/eventos/pdfs/sem_limecontech.pdf


comissão organizadora
Maria do Rosário Veiga, António Santos Silva, Marluci Menezes, Martha Tavares, Ana Rita
Santos, Giovanni Borsoi, Ana Velosa, Victor Ferreira, Liliana Azeiteiro, Paulina Faria, José Aguiar,
Irene Frazão, Goreti Margalha (representantes das instituições envolvidas no Projeto: LNEC, UA,
FCT-UNL, FAUTL, DGPC, CMBeja)

custos e inscrição
As inscrições no Seminário estão limitadas à lotação da sala.
60 € (normal); 30 € (estudante), mediante o preenchimento de ficha anexa, e enviar para o
e-mail: cursos@lnec.pt.

localização e data
O Seminário realiza-se de 29-30 de maio de 2013, no Centro de Congressos do LNEC, Av. do
Brasil 101, 1700-066 Lisboa, Portugal.
publicado por domusmateR às 16:22

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Abril de 2013

SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUITETURA DE TERRA

Organizado pelo CIAMH, este seminário promete trazer alguma frescura na nova arquitetura de terra, que o seu impacto seja nacional!

O grupo de Inovação em Arquitetura e Modos de Habitar está inserido no Centro de Estudos de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto (CEAU).

 

CONFERÊNCIAS

2 e 3 de Maio na FAUP

 

WORKSHOP CONSTRUÇÃO DE UM EDIFÍCIO EM TERRA CRUA

Julho e Agosto de 2013

 

http://www.arquiteturadeterra.com/

publicado por domusmateR às 16:25

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Abril de 2013

Aos vossos cadernos!

Um espaço de estudo dedicado à
arquitetura de terra
- BREVEMENTE

O arquivo documental e bibliográfico do Centro da Terra
estará na biblioteca municipal Manuel da Fonseca
em Santiago do Cacém.



teste de sedimentação
publicado por domusmateR às 16:29

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2013

Férias de carnaval a aprender

Para apanhar outros ares e muito cuidadinho que os que são expelidos na extinção da cal são tóxicos.

 

Vamos até à Sardenha nestas férias?

Aprender com Costanzo Salis a apagar a cal corretamente, visto esta ser uma etapa primordial na obtenção de um ligante de primeira.

Destinado a todos os intervenientes da construção , do arquiteto ao pedreiro, em italiano ma non troppo!

Inscrições : http://www.forumcalce.it/ultime-news/379-quattro-appuntamenti-per-spegnere-al-calce-in-sardegna

 

Bom Carnaval!

 

publicado por domusmateR às 21:32

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2013

CIAV2013–7ºATP-VerSus em Outubro 2013

De entre os objectivos deste encontro, encontramos "Contribuir para a reflexão sobre que futuro para a arquitetura vernácula no mundo atual, de rápida mudança global;". Que é tempo de reaprender a olhar para a paisagem e a reconhecer que o engenho amadurecido de séculos é a melhor das formas para aliar recursos locais e a preservação de um mundo ordenado.

Pretender ser um contributo da Arquitectura Vernácula para o Desenvolvimento Sustentável.

Datas a colocar nas agendas, se puderem viajar até ao norte de Portugal!

Programa:

http://www.esg.pt/ciav2013/pdf/CIAV2013_A4.pdf

 

publicado por domusmateR às 12:57

link do post | comentar | favorito

Recurso escocês

E porque as técnicas europeias têm raizes comuns e que o conhecimento não tem fronteiras, aqui fica um recurso bem feito.

Este guia de poucas paginas trata a recuperação de estruturas antigas em terra e cal, presentes nos rebocos e nas argamassas.

Apela à importância de não utilizar o cimento na renovação e ilustra a repararação de uma parede de taipa, entre outras coisas.

Boa leitura!

http://www.historic-scotland.gov.uk/earthmortarinformguide.pdf

publicado por domusmateR às 12:40

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

A CAL EM PASTA


La Chaux em Pâte - em francês

Curta reportagem realizada no quadro de Clap Patrimoine 2012- autoria: Joana Gros N. Guerreiro
publicado por domusmateR às 19:09

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Outubro de 2012

Qualidade do ar interior e baixo impacto ambiental

há terra na betoneira

Fabricação de adobes com fibras

 

As técnicas construtivas tradicionais empregam a pedra, a taipa, os rebocos de cal e areia somam propriedades únicas: técnicas, ambientais e estéticas como a não emissão de poluentes, a resistência ao fogo ou uma fraca pegada ambiental. E que conjugadas com novas performances como as caixilharias duplas ou triplas, os isolamentos na cobertura e a ventilação mecânica adequadas promovem um futuro auspicioso!

 

Assim a critica dos habitos instituídos , regulamentos, produtos industriais ou a casa como soma de metros quadrados são necessárias à evolução.

 

A actualização das estruturas do passado é uma vontade antes de mais cultural.

Será a única capaz de perenisar o habitat e o ambiente!

 

publicado por domusmateR às 10:52

link do post | comentar | favorito
Domingo, 19 de Agosto de 2012

A indústria artesanal da cal

Gostei e transmito, faz referência à cal de Pataias -Alcobaça mas o processo assemelha-se um pouco por todo o lado.

http://iejclubedopatrimonio.blogspot.pt/2011/07/o-conjunto-de-fornos-de-cal-de-pataias.html

publicado por domusmateR às 00:37

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Julho de 2012

Património vernáculo distinguido

Prémio Ibérico de Investigação de Arquitetura Tradicional

 

Trata-se de um Prémio que pretende distinguir a investigação de Dissertações de Mestrado e de Teses de Doutoramento com a mais elevada qualidade, na área da Arquitetura Tradicional, atribuindo o valor monetário de 3.000€.

Informações/ incrições em:
. Fundação Convento da Orada, Portugal
- www.fundacaoconventodaorada.pt

. Fundación Antonio Font de Bedoya, España - www.fundacionantoniofontdebedoya.es
. Fundación Cultural del Colegio Oficial de Arquitectos de León, España - www.coal.es

 

Data limite para entrega das candidaturas

31 de Julho de 2012

 

Anúncio do vencedor do Prémio

20 de Setembro de 2012

 

Entrega do prémio

Dia Mundial da Arquitetura – 1 de Outubro de 2012

publicado por domusmateR às 09:57

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Vamos caiar a Aldeia

"

VOLUNTÁRIOS CAIAM A ALDEIA DAS ALCARIAS

 

A Junta de Freguesia da Conceição, em parceria com o Núcleo de Voluntariado de Ourique e o apoio da Câmara Municipal de Ourique, vai promover nos dias 16, 17 e 18 de Julho, entre as 17h30 e as 20h30, a iniciativa “Vamos caiar a Aldeia”.

Até ao momento estão já inscritos 20 voluntários que vão dar uma cara lavada a uma das aldeias mais pitorescas do concelho de Ourique, a Aldeia das Alcarias.

Esta acção visa embelezar e recuperar casas e muros abandonados da Aldeia das Alcarias através do voluntariado, tratando-se de uma aldeia muito envelhecida e com um número reduzido de habitantes.

 
MUNICÍPIO DE OURIQUE

 Avenida 25 de Abril, nº26 | 7670-250 Ourique
www.cm-ourique.pt | geral@cmourique.pt | t. 286 510 400

J.F. da Conceição
Telef.
286 944 280 | Fax 286 944 033
E-mail: freguesia_conceicao@portugalmail.pt "

 

 

 

Como não encontrei o cartaz do evento envio esta foto da aldeia que encontrei no google. Aproveito para comentar: pode ver-se a diferença de texturas entre a pintura plástica para exterior (casa à direita, provavelmente rebocada a cimento) e a cal (casa do meio e à esquerda). As diferenças são avassaladoras em nome da modernidade e dos interesses dos empreiteiros. Honestamente, o que restará para as gerações vindouras: casas com problemas de capilaridade, insalubres e sem identidade.

A prática da caiação deveria ser protegida, reconhecida por uma classificação local de património cultural a preservar. Tanto pela sua beleza e harmonia como pela sua pertinência para a durabilidade das habitações.

Uma iniciativa a repetir!

publicado por domusmateR às 21:08

link do post | comentar | favorito
Sábado, 30 de Junho de 2012

O bom comportamento dos muros antigos!


Este esquema mostra bem o comportamento dos muros, que sem ruptura de absorção da àgua por capilaridade (generalidade das construções antigas, inclusive as que possuem o embasamento em pedra aparelhada) precisam de "respirar".

Os rebocos de cal aérea e as soluções tradicionais pouco imperméaveis permitem a secagem lenta dos mesmos não comprometendo o seu funcionamento.

Ao reabilitar um edifício antigo é fundamental respeitar esta dinâmica. Os rebocos de cimento, as telas plásticas, alguns isolamentos ou as tintas plásticas alteram o comportamento hídrico das paredes. Vamos acautelar estas situações para que uma obra de reabilitação seja sinónimo de estabilidade e de durabilidade!
publicado por domusmateR às 18:47

link do post | comentar | favorito

Arquitecturas de Terra

Oficina de terra crua em Lisboa

Dias 17, 19, 21 e 22 de Julho

 

 

 

Programa

 - Introdução, especificidade, diversidade e universalidade da construção com terra.
- Sustentabilidade, práticas construtivas e gestão de recursos.
- Técnicas construtivas com terra crua.
- Identificação, análise e ensaios de solos para construção.
- Construção de modelos protótipos em Taipa e Tabique.

 

Custo 14 horas  |  140 €

Na Arqcoop.

 

http://www.arqcoop.com/arquitecturas-de-terra/

publicado por domusmateR às 18:42

link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Junho de 2012

WORKSHOP DE CONSTRUÇÃO EM TERRA 6 A 8 DE JULHO

 

A iniciativa de organizar este seminário surge com dois objectivos: em primeiro lugar, apresentar o material e as suas qualidades, e por outro, assegurar a formação prática através da formação em técnicas de construção diretas e reais relacionadas com esta temática.

 

Este curso direcciona-se para todos os tipos de pessoas em geral interessadas em arquitectura tradicional e sustentável: particulares que queiram aplicar as técnicas, profissionais da construção, técnicos, bioconstructores.

 

Sócios da PALOMBAR: 20 €

Não sócios: 35 €

 

Programa e inscrições em

www.palombar.pt

 

A Palombar, desde 2001, tem vindo a desenvolver um conjunto de iniciativas com o objectivo de contribuir para a recuperação, conservação e revitalização dos pombais tradicionais na região Nordeste de Portugal (distritos de Bragança e Guarda), nomeadamente, através dos campos de trabalho, investigação e outras atividades de difusão. Este ano ampliou as suas ofertas educativas com a organização de workshops sobre técnicas de construção tradicionais.

 

publicado por domusmateR às 17:29

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Junho de 2012

A cal aérea absorve CO2

 

Durante a colocação em obra, os materiais, neste caso os ligantes,  absorvem CO2 ao secarem.

Estes valores elucidativos, comparam os mais utilizados e têm por fonte um estudo do Forum de la Calce apresentado no BaM 2012.

 

 

 

publicado por domusmateR às 01:28

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

Congresso e Seminário Internacional

De  17 a 19 de Maio decorreu o primeiro congresso de bioarquitetura mediterrânica.

Para além de ter sido o palco de apresentação de estudos/projetos e iniciativas, foi um encontro no estreito sentido da palavra, conhecemo-nos, trocamos ideias e elaboramos propostas em torno de pequenas mesas de trabalho, num contexto de world café. Tendo como ponto de partida o conhecimento, a imaginação e a atuação, o BaM é um projeto que apresenta numerosas facetas da bioconstrução nos dois países representados a Espanha e a Italia, convidada este ano. Falamos de valor, de recursos, da sustentabilidade, de arquitetura participativa, de materiais tradicionais e/ou naturais, como a taipa, a cal , a cortiça e a construção em palha. Falamos do reequilíbrio das assimetrias sociais e financeiras, da importância de constituir redes de conhecimento e de iniciativas, dos novos paradigmas como a autoconstrução.

 

 

 

Como projetar? Unanimemente sem recurso ao cimento!

Pude conhecer os autores madrilenos de um não projeto – ver www.nundo.org – ou a rede de relocalização de recursos da Peninsula Ibérica–ver mazetas.com -. Foi a primeira vez que me senti em consonância numa comunidade de  arquitetos num lugar de alta representatividade como o é o Colégio dos Arquitetos de Barcelona.  Houve ainda uma instalação coletiva da ecorede catalã -www.ecoarquitetura.info-  com blocos de terra comprimidos e fardos de palha em plena Praça Nova, no centro de Barcelona! Reações espantosas!

Para a próxima edição o país convidado será o Libano.

 

 

 

 

 

 

www.bamconf.org

 

publicado por domusmateR às 16:19

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Maio de 2012

Workshop de Pedra e Cal

Este curso direcciona-se para todos os tipos de pessoas em geral interessadas em arquitectura tradicional e sustentabilidade: particulares que queiram aplicar as técnicas, profissionais da construção, técnicos, bioconstrutores.
Nenhuma experiência anterior necessária.
Programa:
Sexta, 18 Maio

18:30 – Recepção dos participantes na sede da AEPGA, na aldeia de Atenor e encaminhamento dos participantes para o alojamento
19:30 Jantar (da responsabilidade do participante)
21:00 –Projecção de um filme: “A obra de um gigante” (pedra seca em Mallorca)

 

Sábado, 19 de Maio
Local: Aldeia de Atenor

Modulo I – Técnicas de construção em PEDRA SECA
09:30 – Encontro dos participantes em Atenor
10:00 – Breve apresentação teórica:
- “Introdução à arquitetura tradicional e Utilizaçao de pedra seca” (Vanesa Solano, técnico da Palombar)
- “Modelos e técnicas de construção em pedra” (Nuno Martins, técnico da Palombar)
- “Restauração da construção de muros de pedra seca. Patologias” (Vanesa Solano, técnico da Palombar)
11:00 – Pequeno percurso para identificação da matéria-prima (Artur Martins, artesão pedreiro. Nuno Martins e Manu Gomes, técnicos da Palombar)
11:30 – Identificação ferramentas de trabalho. Recomendações breves para segurança. Iniciação à construção de muros em pedra de xisto.
12:30 – Almoço (da responsabilidade do organização)
14:00 – Continuação dos trabalhos de construção dos muros
18:00 – Fim dos trabalhos.

 

Domingo, 20 de Maio
Local: Aldeia de Atenor

Modulo II – Técnicas de reboco com CAL
09:30 – Encontro dos participantes na aldeia de Atenor
10:00 – Breve apresentação teórica:
- “Ciclo de cal e Qualidades da construção com cal” (Vanesa Solano, técnico da Palombar)
- “Rebocos e pinturas de cal” (Nuno Martins e Manu Gomes, técnicos da Palombar)
11:00 – Pequeno percurso para a identificação da matéria-prima.
11:30 – Identificação ferramentas de trabalho. Recomendações breves para segurança. Iniciação à produção de argamassas com cal e sua aplicação. Apagado do cal viva.
12:30 – Almoço (da responsabilidade do organização)
14:00 – Continuação dos trabalhos de aplicação das argamassas
16:00 – Início do processo de pintura com cal
17:00 – Fim dos trabalhos

Inscrições limitadas: 16 participantes.
Datas: dia 18/19 e 20 de Maio

Local: Aldeia de Atenor

AEPGA

Associartecine
http://www.palombar.pt/
publicado por domusmateR às 21:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 1 de Maio de 2012

Oficina Teorico-Prática de construção em terra

Organização:

Associação Centro da Terra e Universidade Nova de Lisboa

 

Datas:

Módulo teórico e apresentação de projectos -26 de Maio de 2012
Módulo prático  Taipa - 2 e 3 de Junho de 2012
Módulo prático  Adobe - 23 e 24 de Junho de 2012

"A utilização da terra na construção e arquitectura, continua a ter em Portugal e no mundo, um interesse crescente. A par da sua utilização a pequena escala, muitas vezes em projectos de cariz social ou de desenvolvimento, assiste-se também à sua utilização em projetos de maiores dimensões, como sejam equipamentos públicos, edifícios de serviços ou de turismo.

Portugal assume-se, neste contexto, fruto de iniciativas particulares e do interesse de projetistas e técnicos, como um dos países onde a construção em terra encontrou vias de possibilidade. O curso que se apresenta procurará apresentar algumas dessas vias e dar ainda a oportunidade de contactar directamente com o material e as técnicas de construção."

 

Informações/Inscrições:

http://www.oficinadaprimavera.blogspot.pt/

 

publicado por domusmateR às 22:30

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 3 de Abril de 2012

A não perder Workshop de Construcão de Taipa

Tenho o gosto de vos apresentar uma oficina com um dos grandes percursores da renascença da técnica da taipa no Alentejo, o meu mestre Arqtº. Henrique Schreck.

Aconselho vivamente a tua participação nesta oficina, dada a dedicação e prática do formador.

As datas são de 30 Abril a 6 Maio 2012 e o custo de 300 euros.

inscrições e detalhes em:

http://www.varzeavivapermaculture.com/workshop-de-taipa1.html

publicado por domusmateR às 13:34

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Março de 2012

ATELIER CAL em Tarifa/Espanha "Preparação e aplicação de rebocos e acabamentos finais"

Cartaz Oficina Rebocos de Cal em Tarifa

publicado por domusmateR às 21:45

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2012

Artigos sobre construção em terra

Participa no segundo volume da revista Apuntes dedicado à Arquitectura e terra- TERRATECTURA enviando artigo até dia 1 de junho de 2012 a D.CECILIA LOPEZ - Facultad de Arquitectura y Diseño/ Pontificia Universidad Javeriana


Os artigos já publicados, em espanhol e inglês no volume 20 - Num. 2 Arquitectura en tierra - estão disponiveis em linha, da autoria de diversos autores, data do segundo semestre de 2007. Exemplo de artigo :La construcción tradicional en el espacio mediterráneo portugués - Traditional construction in mediterranean Portugal" pelo Arqto. Victor Mestre.

 

 

 


 

 

http://revistas.javeriana.edu.co/sitio/apuntes/sccs/tabla_contenido.php?id_revista=29

publicado por domusmateR às 12:44

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2012

Arquitectura Popular em Portugal

Em 2011 a Ordem dos Arquitectos assinalou os 50 anos da primeira edição do Arquitectura Popular em Portugal através da criação de um site com a digitalização de parte do espólio, que possibilita uma ampla divulgação, com grande relevância cultural, histórica e iconográfica. Num universo de 6.000 fotografias, algumas inéditas, foram seleccionadas, inventariadas e digitalizadas 2.000 que aqui se apresentam. Trata-se das imagens já publicadas nas três edições, as mais divulgadas e solicitadas.
Aceda à plataforma OAPIX:
http://www.oapix.org.pt
 
publicado por domusmateR às 13:04

link do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Ano Novo, vamos fazer renascer a caiação como prática sustentável!

 

 

É necessário renovar as caiações para que estas possam assegurar a função protectora dos rebocos e consequentemente das alvenarias. Embelezando de branco puro ou de notas de cor conseguidas com pigmentos.

As pinturas para o exterior que utilizam os pintores contribuem para a degradação das paisagens urbanas sobretudo nos cascos antigos dos aglomerados. Após uns anos a tinta começa a desagregar-se, a razão é compreensível: ao intervir nas alvenarias anteriores à hegemonia do cimento, ou seja as paredes feitas até aos anos 50-60, deve considerar as trocas de vapor de agua, como a a nossa pele, estas devem respirar. Ora a tinta plástica ou os rebocos de cimento formam uma película impermeável incompatível, danificando quer o aspecto quer a sua integridade.

No mercado existem dois tipos de tinta que poderá aplicar e mais difícil que tudo, deverá convencer o seu pintor a usá-las! Comece por saber o quer e procure alguém que seja sensível à reabilitação.

Uma das tintas compatível com velhas paredes/rebocos é a tinta de silicato, onerosa mas durável e a outra a tinta feita de cal aérea em pedra, cuja receite encontra no post abaixo.

 

Relembrando algumas vantagens da CAL:

  • Versátil, natural e biodegradável.
  • Sólida, protege as superfícies das intempéries.
  • Respirante e permeável.
  • Tem propriedades anti bactericidas, elevado teor em alcalinos.
  • Provém de uma matéria-prima existente em abundância.
  • Economicamente, é uma solução viável.
  • Tem elevado valor patrimonial.
  • Utiliza saberes fazer ancestrais.
  • É adaptado para a renovação e para a construção sustentável.
  • Em rebocos dispensa o uso do cimento, responsável por uma das maiores indústrias poluidoras.
publicado por domusmateR às 15:17

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Para fazer a tinta de cal

Adaptada a todas as superfícies feitas de terra crua ou tijolo, rebocos de terra e de cal aérea (diferente da cal hidráulica), rebocos antigos e anteriores caiações. Aplica-se todos os anos mas pode durar 20 anos se bem feito. Se quiser ter a certeza de que é de cal que a sua parede é revestida, então prove: isto é coloque a ponta da língua e teste. Se o gosto da parede for a sal ou a açúcar é porque se trata de cal!

 

Deverá prever:

-um primário no caso de a parede ter sido pintada com outro tipo de tinta ou a remoção da tinta anterior

- tempo para deixar repousar a pasta de cal (na tradição um ano, idealmente pelo menos  3 meses)

- pedras de Cal Viva , 1 kg. permite caiar aproximadamente 10 m2 em duas demãos

- água limpa sem salinidades e se possível sem cloro, 5 l. de agua por cada kg.

- um ou vários baldes metálicos ou de madeira (a cal viva ferve a 300ºC derretendo o plástico!)

-  a preparação do suporte/ parede*

- ajustes na receita - os valores são indicativos, pois entram em linha de conta a absorção e a porosidade da parede e a qualidade da cal viva (origem, cozedura).

-pincel de caiar e pigmentos como o óxido de ferro, o ocre e o azul ultramarino à venda nas drogarias. Pode ainda arranjar terras que coloram, as mais conhecidas de Siena ou a terra queimada.

 

*com uma espátula larga raspe toda a superfície para eliminar o que da anterior caiação não está consolidado e passe a vassoura para despoeirar

 

Outros cuidados:

- Se a parede tiver "verdete" ou fungos lavar com lixivia. 

- Deverá molhar a parede antes de caiar (balde de água e vassoura ou mangueira) e não caiar ao sol , para além de que acima dos 20ºC não se garantem os resultados.

- Proteja os olhos com óculos, as mãos e os cabelos pois a caiação salpica muito, sobretudo no inicio! È essencial prevenir o risco de queimaduras, pois a cal mesmo extinta é corrosiva! Tenha água à disposição rapidamente para lavar algum incidente.

 

Como proceder:

3 meses antes:

- Junte 3 kg de pedras de cal viva num balde de 20 l. deite 15 litros de água e afaste-se dos gases, ao fim de 20 minutos mexa com um pau.

Deixe estar 3 meses, tenha o cuidado de colocar o balde à sombra num lugar fresco e acima dos 8ºC e de verificar que está coberto por uma película de água.

uns dias antes:

-Separe a pasta em dois e junte água até obter a consistência da tinta que pretende, será tanto mais rica em hidroxido de calcio quanto mais tempo terá. Saiba que quanto mais grossa mais difícil de aplicar. Peneire com uma rede fina metálica ou plástica. Está tudo pronto para começar!

 

-Tenha em conta que a tinta demora a secar e o resultado é visível após algumas horas. Aguarde 24h. entre demãos, não serve de nada de caiar duas vezes de seguida.

- Caiar como na tradição implica fazer os movimentos na vertical, em tudo o caso espalhar com vigor e "esticar" bem a tinta após encher generosamente o pincel.

- Se quiser aplicar óxidos para a colorir a tinta é possivel, contudo, teste antes pois a cor definitiva só é visível após a secagem total, as surpresas acontecem, prepare-se! Para além de que deverá fazer de uma só vez toda a tinta pigmentada, sendo impossível refazer a mesma cor duas vezes!

É mais difícil caiar com cor, dada a transparência da tinta, passe uma única vez o pincel. Colocar na tinta no máximo 20 % de carga de pigmento, dissolva antes o pigmento num pequeno boião com um pouco da agua de cal, conhecido por leite de cal antes de juntar a cor no balde principal.

 

Ao secar a cal aérea que extinguiu, carbonata, mutando a sua estrutura molecular para se tornar CaCo3, mais conhecido por calcário.

Pode fazer as demãos que entender, duas é suficiente no caso de uma parede em bo estado.

Esta é a magia da cal!

 

publicado por domusmateR às 15:03

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 18 de Dezembro de 2011

Lembrar-se de preparar a cal com três meses de antecedência!!

Para os rebocos é o tempo mínimo, sendo que tanto mais tempo melhor, comprovado por laboratórios e profissionais.

Escolher cal de excelente qualidade, que se enquadre na Norma Europeia 459 - cais de construção é um principio;  documentar-se bastante e participar num estágio da DomusMateR para descobrir os segredos desta matéria única e antiguissíma!!

 

BOAS ENTRADAS EM 2012!

publicado por domusmateR às 19:40

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

WORKSHOP 3 e 4 DEZ. 2011

O Sítio está a organizar um workshop de Revestimentos de Cal Aérea com o Eng. Fernando Cartaxo e a Fradical.

Local: Quinta de Darei, Mangualde

 

Este workshop tem como objectivo a transmissão dos conhecimentos acerca da cal aérea e todas as suas possibilidades. Especial importância será dada às suas espantosas possibilidades enquanto solução de revestimento. Esta exploração inclui soluções de um revestimento totalmente hidrófugo. Haverá um constante equilíbrio entre as componentes teórica e prática. Em conjunto, estes dois tipos de aprendizagem permitirão que os alunos acabem o workshop com a capacidade de entender e aplicar este material.

O workshop terá três grandes momentos:

1- Transmissão teórica de conhecimentos relativos à Cal e à Pozolana.

2- Experimentação de várias soluções de revestimento (amostras)

3- Aplicação dos conhecimentos no trabalho de revestimento de um edifício de adobe construído num workshop anterior.

 

Este workshop será orientado para todos aqueles (com ou sem formação na área da construção) que tenham curiosidade em compreender melhor este material e será ministrado em português com tradução simultânea para inglês.

 

 

Para inscrições e mais informações: www.sitiocoop.com

 

O Sítio é uma cooperativa dedicada ao desenvolvimento de economias locais.

Tem como grande objectivo contribuir para a criação, organização e transmissão de soluções que contribuam para que os indivíduos e comunidades possam gerir, de forma resiliente, livre e abundante a realidade que habitam.

publicado por domusmateR às 20:17

link do post | comentar | favorito
Sábado, 15 de Outubro de 2011

SEMINARIO GECORPA em Matosinhos

Seminário “Abordagem à intervenção no Património.

Como abordar técnicas tradicionais e novas tecnologias”

Matosinhos, Exponor, Concreta 2011, 19 de Outubro, Sala A4, 9.30 h – 18.15 h

 

 

 

1. OBJECTIVO

A alteração da realidade da construção em Portugal originou finalmente um forte incremento das intervenções de reabilitação do edificado. Contudo, tal opção, pode comportar riscos, se as opções de intervenção forem mal pensadas. É objectivo do presente seminário uma reflexão sobre a opção de reabilitação a fazer, bem como as técnicas construtivas a usar, sejam tradicionais ou novas técnicas.

 

2. DESTINATÁRIOS

Todos os interessados e intervenientes no Património, nomeadamente arquitectos, engenheiros, conservadores-restauradores, empresas de restauro do Património e estudantes.

 

GECoRPA - Grémio do Património

T: 213 542 336 . F: 213 157 996

www.gecorpa.pt | info@gecorpa.pt

publicado por domusmateR às 13:37

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Renaissance

Musee Gadagne musee Gadagne Lyon

 

Em visita à velha cidade de Lyon, patrimonio UNESCO, encontro este patio renascentista muito bem restaurado e aberto ao publico para mostrar que as cores dos pigmentos naturais na caiação tem um charme proprio. Os pigmentos naturais como as terras colorantes devem ser utilizados em proporção não superior a 20% sendo capazes de conferir uma vasta gama de vermelhos, laranjas, ocres e verdes que uma vez misturados à cal e permitem os tons subtis que se vem na Europa antiga. Embora se consigam tons fortes com pigmentos, geralmente estes quando adicionados à cal "esbatem-se" numa paleta suave, pouco comum. A moda do "berrante" hà de ter um final...  

 

Em Portugal a recolha de terras colorantes perdeu-se, utilizando-se ainda os pigmentos minerais, como o oxido de ferro, os quimicos como o azul ultramarino e o ocre e que se podem adquirir nas drogarias, de preferência no comércio tradicional.

Aconselham-se ensaios prévios antes de se lançar na caiação com cores: caiar com pigmentos pode trazer algumas surpresas, pois é no pos-secagem que o resultado é definitivo! Por outro lado é quase impossivel repetir uma cor, sendo importante fazer a quantidade desejada de uma so vez e aplicar um mesmo dia. Atenção que todos os cuidados a ter na caiação a branco, são ainda mais importantes de respeitar na caiação a cores. Se tiver duvidas, não hesite em escreve-las para domus.mater@sapo.pt procurarei responder-lhe com brevidade.

 

publicado por domusmateR às 13:40

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Correção minima

Cimento em revestimento de fachada historica

 

A reabilitação é uma questão tão antiga quanto os edificios eles mesmos, em todos os tempos se procederam a reparações garantindo a sua perenidade. No entanto os tempos modernos e a introdução de materiais incompativeis e pouco apropriados como o cimento e as tintas plasticas autorizou danos dificlmente reparàveis. Aqui, exemplo de correção de um reboco de cimento abusivamente aplicado na fachada deste edificio do séc. XVIII, com o intuito de fazer perspirar as paredes, aplicando posteriormente a esta remoção, um reboco com cal naquela faixa. Antes da obra, no interior dos compartimentos surgiam manchas até 1 m de altura! Os proprietàrios Bernand e Anick gostariam de reaver a sua fachada integralmente rebocada a cal mas por enquanto começam pelo imprescindivel!  Infelizmente exemplos destes repetem-se ainda nos dias de hoje, perdurando a ignorância e a falta de sensibilidade para com as velhas paredes e os pequenos detalhes tão importantes que comprometem o conforto e a continuidade do edificado com valor patrimonial. Visita à Aldeia do Mas d'Azil, Ariège em França.

publicado por domusmateR às 21:14

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Agosto de 2011

Workshop Taipa de 6 a 8 de Outubro - Aljezur

Participe neste workshop e domine os conceitos teóricos e ferramentas práticas associadas à construção com taipa.
As inscrições são limitadas a 12 participantes e o valor de inscrição inclui:

- alojamento Pousada da Juventude da Arrifana (pequeno-almoço incluído)
- almoço nos dias 06, 07 e 08 de Outubro
- jantar de despedida no dia 08 de Outubro
- documentação de apoio e entrega de Certificado de Frequência
- seguro de acidentes pessoais

Actividade formativa validada pela Ordem dos Arquitectos, permite a obtenção de 8 créditos para efeitos da formação complementar ao estágio profissional.

Programa e ficha de inscrição em www.arqcoop.com.
publicado por domusmateR às 22:19

link do post | comentar | favorito
Sábado, 27 de Agosto de 2011

Espectro da cal

A cal é um material de menor valor de impermabilidade, uma vantagem nas alvenarias antigas que precisam de

 

 

Este gràfico, retirado de um estudo cientifico, compara os diferentes materiais, a cal, a cal hidraulica e o cimento, face aos seus comportamentos de impermeabilidade, velocidade de secagem e resistência à compressão. Note-se que numa alvenaria antiga - sem ruptura de capilaridade- deve ter-se em conta que o seu desempenho é tanto melhor se os materiais utilizados, não colocarem obstaculos às trocas higronométricas. Logo a cal aérea é uma solução optimal!

publicado por domusmateR às 21:26

link do post | comentar | favorito

Forum Cal

Como seria de esperar do centro do Império romano que deixou vastas provas de saber fazer sobre as tecnologias da cal, este recurso cibernético contém um montão de informações vàlidas sobre a cal, em italiano e em inglês. Para quem não pode esperar pelas nossas explicações!

 

http://www.forumcalce.it/cose_calce_aerea.htm

 

 

 

publicado por domusmateR às 21:19

link do post | comentar | favorito

Museo de la Cal de Morón

A Adrip Cacela Velha, deu a conhecer mais um projeto sobre a cal. Um museu que dà a conhecer a cultura da cal e promove visitas aos fornos ainda funcionais. Localizado a 60 Km de Sevilha faz parte da rede de Museus naturais, projeto Leader+ de cooperação transnacional.

 

Visitar http://www.museosnaturales.org/es/centro-museo-de-la-cal-de-moron-25.html

publicado por domusmateR às 21:14

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Agosto de 2011

Construção em terra por OficinaIntegrada®

 

Encontram-se a decorrer as inscrições para as duas oficinas de «Construção em terra», destinadas ao público geral interessado, que a OficinaIntegrada® irá realizar no próximo mês de Setembro, nos fins de semana de 3-4 e de 10-11, em Salir, concelho de Loulé, em parceria com a Associação Almargem e com o apoio da empresa Embarro®.

 

Estas oficinas pretendem sensibilizar o público interessado para a importância da construção em terra, dando a conhecer as principais técnicas de construção em terra presentes na região do Algarve, e possibilitando aos participantes a experimentação da técnica de construção em taipa.

 

Inscrições : website da OficinaIntegrada®  ou Associação Almargem . 289 412 959 . jmadeira @ almargem.org

 

Qualquer questão técnica ou pedagógicas relacionada com os conteúdos da oficinas poderá ser colocada directamente ao arquitecto José Lima Ferreira através do email: jose.lima.ferreira @ oficinaintegrada.pt

 

publicado por domusmateR às 14:12

link do post | comentar | favorito

A chaminé e a Platibanda no Algarve...para percorrer!

Percurso tematico com base na arquitetura popular algarvia

Com os Arquitetos Filipe Jorge e Victor Mestre

Dia 17 de Setembro de 2011

Ponto de encontro/ 9h30 no centro de Cacela Velha

 

"Passos Contados... porque os caminhos, os lugares, as pessoas contam estórias. A Câmara Municipal de Vila Real de Santo António propõe este ano novas experiências de interpretação e descodificação das paisagens culturais e naturais do sotavento algarvio. Nesta quinta edição iremos descobrir as plantas e os seus antigos usos na medicina e alimentação; desenhar as ruas, casas, pessoas, monumentos e paisagens de Cacela Velha; ouvir contos sobre bichos do nosso imaginário colectivo; saber mais sobre a arte da empreita em palma e experimentar novos teceres com trapos; observar o céu durante a noite e conhecer antigas mitologias e tradições populares ligadas aos astros; entender melhor dois dos elementos mais característicos da arquitectura no Algarve: a chaminé e a platibanda; e terminaremos na ria Formosa observando aves."


Inscrições
Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela
Antiga Escola Primária de Santa Rita
Tel./ Fax: 281 952600 ciipcacela@gmail.com www.ciip-cacela.blogspot.com
As participações são limitadas. Inscreva-se com antecedência, deixando o seu nome e contacto.


Organização
Câmara Municipal de Vila Real de Santo António
Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela

publicado por domusmateR às 13:59

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Agosto de 2011

Cal na Igreja de Olhão

Fomos surpreender o caiador que estava em pleno estaleiro na abside da Igreja Matriz, em Olhão.

Explicou-nos que o Sr. Padre faz questão de manter esta tradição viva nos belos muros da sua paroquia, pela higiene e limpeza que esta técnica permite. A caiação é renovada anualmente.  

 

publicado por domusmateR às 00:11

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Agosto de 2011

Com cal e mestria

 

Atrium da Direção Geral de Veterinaria no Largo da Academia Nacional de Belas Artes em Lisboa

Interior ricamente encenado, onde a mestria dos fingidos feitos com cal em pasta e pigmentos comprova a arte. 

Entende-se por pintura de fingidos um tipo de decoração pictórica aplicada a revestimentos arquitectónicos, interiores e exteriores, recriando materiais nobres, como marmores, essências de madeiras, tecidos ou azulejos.

 

publicado por domusmateR às 21:41

link do post | comentar | favorito

Exemplar unico do renascimento português

Patrimonio renascentista em perigo

 

Cantaria manuelina, edificio do centro historico de Faro.

 

Para quando a aplicabilidade de planos de revitalização, capazes de salvaguardar tesouros como este?

Importa que este exemplar possa permanecer apreciavel em outras épocas, o predio devoluto encontra-se à venda e como tal a janela em total descuido. E passivel de classificação pelo Igespar? Serà mantida ou colocada sob uma caixa de vidro?

 

Que os seus futuros habitantes possam ser sensiveis à importância deste detalhe no panorama da cidade!

 

publicado por domusmateR às 21:25

link do post | comentar | favorito

Gharb Al-Andalus

“O uso tradicional da cal no revestimento de paredes no Sul de Portugal parece, no entanto, ter sido proveniente do período de ocupação muçulmana que, nesta região, durou cerca de cinco séculos. A cal tem aqui uma grande utilização nas paredes de cor branca ou de outras cores pela junção de pigmentos e na constituição de algumas argamassas. O hábito de caiar anualmente as paredes das casas e os muros das habitações, que ainda hoje se mantém em algumas aldeias e em parte nas cidades, tem essa origem remota.”

 

Dra Maria Goreti Lopes Batista Margalha

publicado por domusmateR às 20:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Agosto de 2011

Absorção de CO2

A cal aérea é uma matéria ecologica pois pode ser utilizada sem aditivos, não é perigosa para os rios nem para os solos e ainda porque em cada kilo de cal aérea utilizada, 400 gr. de CO2 são absorvidos.

Para além disso é uma cultura a preservar, sendo a cal viva um produto nacional e que permite aplicar conhecimentos que se encontram em extinção.

foto de alexandre da maia

A CAL RECOMENDA-SE!

 

 

publicado por domusmateR às 17:08

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Julho de 2011

Oficina de rebocos de pasta de cal

Em Novembro 2011, a domusmateR associa-se à ARQCOOP, para apresentar e praticar as aplicações da pasta de cal em rebocos. A ação de formação vai decorrer em Aljezur, numa ruína em estaleiro.

Vamos poder aprender os princípios da aplicação da cal aérea na renovação de edíficios antigos.

 

Inscrições em http://www.arqcoop.com/formacao.html.

Informações por email: domus.mater@sapo.pt

 

Programa disponível a partir do Outono.

Boas férias e votos de estaleiros seguros!!

castelo de Beja

No interior das muralhas do castelo de Beja.

 

 

publicado por domusmateR às 17:10

link do post | comentar | favorito

Segurança e Taipa

No seguimento do acidente deste fim de semana, que ocorreu na aldeia de Panoias, o corpo do Rubén, foi esta terça a enterrar. Estou indignada, pois esta ocorrência podia ter sido evitada. Este jovem de menos de 30 anos, estava a demolir ilegalmente uma parede de taipa, que desabou por falta de segurança e zelo. Há que ter a noção de que um "taipal", módulo desta técnica, pesa cerca de 1600kg.

 

Apelo ao extremo cuidado no tratamento destas alvenarias e se possível evitar manipular estas sem as devidas precauções. Posso recomendar que não se proceda à demolição da taipa, sem as devidas precauções.

 

 

publicado por domusmateR às 01:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

Caiação Internacional no Baixo Alentejo

pinceis de caiação

 

Jantar convivio

 

A Aldeia das Amoreiras no sábado 23 de Julho, acolheu a ação comunitária do 4º Encontro ASF/EFIL Volunteer, caiando os seus muros públicos e  escola primária, na maior caiação coletiva de que há memória! Durante uma tarde, 161 voluntários vindos de 29 países diferentes, que juntamente com a população caiaram com entusiamo, contagiando a aldeia com a alegria juvenil que os caracteriza. A população gostou da experiência, faltando até a cal no final do dia, foram utilizados mais de 100 kg de cal aérea, previamente preparada. Os voluntários que nunca haviam caiado, ficaram espantados com a técnica que se revela após a secagem. Assim aconteceu que, um tesouro cultural se perpetuou!

 

Este evento provou que se pode conciliar uma ação de embelezamento com valores humanos primordiais, como o respeito, a tolerância ou o trabalho, servindo para compreender a o nosso papel na preservação das tradições. Ao longo da tarde, as paredes foram se tornando mais reluzentes, melhor preservadas, possibilitando o impato e o reconhecimento que se esperava junto da população.

 

No final do dia houve um jantar convivio e a actuação do Grupo Coral.

Foi organizado pelo Gaia-Centro de Convergência e foi filmado, pelo que se aguarda o resultado!

Depoimentos recolhidos com o Dúlio e o Tiago, organizadores e com a Marianne e o Regis, voluntários de França.


 

 

 

publicado por domusmateR às 02:02

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Voltar atrás?!

 

A Igreja Matriz da Amareleja , cuja construção remonta à época de D. João III, no século XVI,  hoje é reconhecida pela oliveira na fachada! Comparando com uma fotografia datada provavelmente dos anos 40 ou 50, estavam patentes os ornamentos que lhe conferiam dignidade e beleza compositiva.

Temos de proceder com cuidado! Atualmente a aplicação da cor, não foi precedida de um estudo fundamentado. Todos os edifícios merecem um estudo de colometria, sendo na visão de conjunto que se encontra a coerência capaz de conferir interesse cultural ao espaço edificado, que perfaz o espaço público. Nitidamente, perdeu-se algo com as sucessivas intervenções.

 

publicado por domusmateR às 23:41

link do post | comentar | favorito

Contribuição

Clicar para ler a entrevista do cidadão Fernando Grade sobre a ação da domusmateR:

 

http://adefesadefaro.blogspot.com/2011/06/dialogos-na-cidade-com-arquitecta-joana.html

 

A defesa de Faro é o 3º blogue nacional + lido sobre defesa do património. 

publicado por domusmateR às 00:44

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Julho de 2011

Para onde foram os azulejos?!

O átrio da Biblioteca Municipal Camões, na capital, perdeu a sua graça.

Como alternativa, podemos "apreciar" estas pinturas; uma deprimente tentativa de qualificação espacial.

Como gostava de rever o painel de azulejos a dar as boas vindas!! 

publicado por domusmateR às 00:34

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Delicadas alvenarias antigas

 

 

Atenção que a tinta acrílica sobre a alvenaria de pedra, não é a escolha certa - como exemplo, há apenas três anos que foi aplicada!

Os exemplos são inúmeros, ao percorrer os centros históricos, apercebemo-nos de que a cal se tornou minoritária nas habitações, nas igrejas, nos edifícios do Estado, vindo a ser substituída por soluções incompatíveis com a perspiração das alvenarias, muitas vezes, em deterimento da imagem de valor, de cultura e de luz.

 

A cal, a tinta de silicato ou o barramento, são o tratamento adequado.

 

publicado por domusmateR às 00:38

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Junho de 2011

Fotografias do dia da cal em Cacela Velha

Prof. Horta Correia

Professor Dr. Horta Correia

 No forte de Cacela

Poesias de diversos autores, gesto da Caiar-te!

publicado por domusmateR às 23:15

link do post | comentar | favorito

Cidadania ativa

Durante um dia, o centro histórico de Cacela Velha, no concelho de V.R. Sto António, acolheu Caiar-te!, domusmateR e Adrip. Reunimos os amigos , as sensibilidades e os pincéis para uma ação de reabilitação cuidada. Com o pretexto da poesia e da cal, encontrámos momentos de partilha sincera para defender a nossa estória e a cultura viva!!

Num dia fabulosamente azul, acrescentámos uma camada de cal, ao branco daquele lugar.

As paredes do antigo cemitério de Cacela Velha agradeceram a música e o bom trato. Esta intervenção pretendeu ensinar a caiação e relembrar as suas vantagens, contou com a participação de ilustres participantes que contribuiram para o seu sucesso.

A todos os participantes, um grande OBRIGADO! 

publicado por domusmateR às 22:42

link do post | comentar | favorito

Caiar Cacela

Preparando a cal caiando o patrimonio de Cacela Velha

 

Em prol do branco autêntico.

aula espontanea no exterior

 

Trocas de alto conhecimento cientifico! Uma aula aberta, no fresco da tarde.

 

Promotores do evento:

 

http://adripcacela.blogspot.com/

 

http://caiarte.wordpress.com

 

A domusmateR foi convidada a integrar a organização.

publicado por domusmateR às 22:36

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Pràticas vizinhas

. Descoberta de técnicas tr...

. Praticas da Arquitetura. ...

. Construção Natural em Tai...

. BOAS FESTAS

. Percursos e Aprendizagens

. 25 de setembro - Construç...

. Curso Artes da Cal

. Aprender a fazer Rebocos ...

. Exposiçao fotografia inti...

.arquivos

. Junho 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Fevereiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Setembro 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds